Arte Abstrata

Neste estilo artístico o pintor e o escultor buscam representar de forma abstrata os objetos da vida real. Este estilo surgiu no início do século 20 na Europa.


Sobre o branco II  - obra abstrata de Kandinsky (1923) (Musée National d´Art Moderne, Centre George Pompidou, Paris)
Sobre o branco II - obra abstrata de Kandinsky (1923) (Musée National d´Art Moderne, Centre George Pompidou, Paris)

 

Introdução (o que é)

 

Arte abstrata ou abstracionismo é um estilo artístico moderno em que os objetos ou pessoas são representados, em de pinturas ou esculturas, através de formas irreconhecíveis. O formato tradicional (paisagens e realismo) é deixado de lado na arte abstrata. Surgiu no início do século XX.



Origem da arte abstrata

 

A arte abstrata surgiu no começo do século XX, na Europa, no contexto do movimento de Arte Moderna. O precursor da arte abstrata foi o artista russo Kandinsky. Com suas pinceladas rápidas de cores fortes, transmitindo um sentimento violento, Kandinsky marcou seu estilo abstracionista.

 

Outro artista que ganhou grande destaque no cenário da arte abstrata do começo do século XX foi o holandês Piet Mondrian.

 

O último julgamento, obra abstrata de Kandinsky

O último julgamento (1911), obra abstrata de Kandinsky.



Reações contrárias 

 

Quando a arte abstrata surgiu no começo do século XX, provocou muita polêmica e indignação. A elite europeia ficou chocada com aqueles formatos considerados “estranhos” e de mau gosto. A arte abstrata quebrou com o tradicionalismo, que buscava sempre a representação realista da vida e das coisas, tentando imitar com perfeição a natureza.



Principais características do estilo artístico abstrato:

 

• Na arte abstrata o artista trabalha muito com conceitos, intuições e sentimentos, provocando nas pessoas, que visualizam a obra, uma série de interpretações. Portanto, na arte abstrata, uma mesma obra de arte pode ser vista, sentida e interpretada de várias formas.

 

• Outro aspecto importante deste estilo de arte é a ausência de formas e padrões estéticos pré-estabelecidos. Logo, a criatividade está presente em grande parte das obras.

 

• Os pintores da arte abstrata geralmente utilizam cores ousadas, vivas e muitas vezes não naturalistas. Os artistas usam cores para expressar emoções, criar humor ou evocar uma resposta do espectador. O uso da cor na arte abstrata é geralmente intencional e simbólico.

 

• Os artistas abstratos frequentemente experimentam seus materiais, criando obras de arte com texturas e técnicas variadas. A fisicalidade da pintura, a rugosidade ou suavidade das superfícies, o uso de materiais não convencionais – tudo isso pode se tornar significativo em um trabalho abstrato.



Arte Abstrata no Brasil 

 

No Brasil, a arte abstrata ganhou força a partir da I Bienal de São Paulo (1951). Entre os artistas brasileiros de arte abstrata, podemos destacar: Antônio Bandeira, Ivan Serpa, Iberê Camargo, Manabu Mabe, Waldemar Cordeiro, Lígia Clark e Hélio Oiticica. Estes dois últimos fizeram parte do neoconcretismo.

 

O Cisne, de Hilma af Klint, artista abstrata sueca

O Cisne (1915), da artista plástica sueca Hilma af Klint, uma das precursoras da arte abstrata na Europa.

 

 

Artistas do Abstracionismo:

 

 

ARTISTAS ABSTRATOS BRASILEIROS

 

- Iberê Camargo: pintor, desenhista e gravurista gaúcho.

 

- Tomie Othake: pintora e escultora nascida no Japão (naturalizada brasileira). Sua carreira artística foi desenvolvida no Brasil.

 

- Hélio Oiticica: pintor e escultor carioca.

 

- Lygia Clarck: pintora e escultura mineira.

 

- Manabu Mabe: pintor, tapeceiro e desenhista nascido no Japão e naturalizado brasileiro.

 

- Waldemar Cordeiro: artista plástica, designer e paisagista nascido na Itália, com nacionalidade brasileira.

 

- Ivan Serpa: pintor, desenhista e gravador carioca.

 

- Léopold Survage: pintor francês.

 

- Luiz Sacilotto: pintor, desenhista e escultor paulista.

 

Pintura abstrata com retângulos coloridos

Composição Suprematista (1916): pintura abstrata de Kazimir Malevich.



ARTISTAS ABSTRATOS ESTRANGEIROS

 

- Piet Mondrian: pintor holandês

 

- Paul Klee: pintor alemão

 

- Kandinsky: pintor russo

 

- Robert Delaunay: pintor francês

 

- Jorge Oteiza: escultor espanhol

 

- Frank Stella: pintor e esculltor norte-americano.

 

- Georges Mathieu: pintor francês

 

- Walter Darby Bannard: pintor estadunidense.

 

- Jack Bush: pintor abstrato canadense

 

- Kazimir Malevich: pintor russo

 

- Henry Moore: escultor inglês

 

- Paul Feeley: pintor estadunidense

 

- Robert Motherwell: designer e pintor abstrato estadunidense.

 

- Otto Freundlich: pintor e escultor alemão.

 

- Arthur Dove: pintor abstrato estadunidense.

 

- František Kupka: pintor e artista gráfico tcheco. É considerado um dos precursores da fase inicial da arte abstrata.

 

- Pierre Soulages: escultor francês

 

Foto de Piet Mondrian

Piet Mondrian: importante artista de arte abstrata do século XX.

 



RESUMO SOBRE A ARTE ABSTRATA:

 

Definição

- Estilo artístico que não representa figuras ou objetos reconhecíveis.
- Foco em formas, cores, linhas e texturas.


História e Origens

- Surgimento no início do século XX.
- Influências: Cubismo, Expressionismo, Fauvismo.
- Pioneiros: Wassily Kandinsky, Kazimir Malevich, Piet Mondrian.


Principais Movimentos e Estilos:

- Expressionismo Abstrato
- Enfase na espontaneidade e na emoção.
- Artistas: Jackson Pollock, Mark Rothko.
- Suprematismo
- Busca pela pureza da forma e da cor.
- Artista: Kazimir Malevich.
- Neoplasticismo
- Estruturação rigorosa de linhas e cores.
- Artista: Piet Mondrian.


Características:

- Ausência de figuras reconhecíveis.
- Uso de formas geométricas ou orgânicas.
- Foco na composição e na cor.
- Expressão subjetiva de ideias e emoções.


Técnicas mais utilizadas:

- Pintura a óleo e acrílica.
- Uso de texturas e materiais diversos.
- Experimentação com formas e cores.


Artistas Importantes:

- Wassily Kandinsky: um dos primeiros a explorar a abstração pura.
- Kazimir Malevich: fundador do Suprematismo.
- Piet Mondrian: desenvolveu o estilo neoplasticista.
- Jackson Pollock: conhecido pelo "dripping" no Expressionismo Abstrato.
- Mark Rothko: famoso por suas grandes áreas de cor em trabalhos meditativos.


Impacto e Influência:

- Revolução na percepção artística.
- Influência em diversas formas de arte: arquitetura, design, escultura.
- Desenvolvimento de novas teorias e práticas artísticas.


Críticas e Controvérsias:

- Rejeição inicial pela falta de "forma" e "conteúdo".
- Debate sobre a acessibilidade e compreensão pelo público geral.
- Discussão sobre a validade e o valor da arte abstrata em comparação com arte figurativa.


Legado:

- Influência duradoura nas artes visuais contemporâneas.
- Continuação da exploração de formas abstratas em novos meios digitais.
- Valorização em galerias e coleções de arte moderna.

 

 




Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Arte Abstrata - Coleção Movimentos da Arte Abstrata

Autor: Gooding, Mel

Editora: Cosac Naify

 

Fontes de referência:

 

- PROENÇA, Graça. História da Arte. São Paulo: Editora Ática, 2018.


- UTUARI, Solange e LIBÂNEO, Daniela. 360° Arte – Por toda parte. São Paulo: Editora FTD, 2015.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.