Renascimento na Espanha

Na Espanha, a Renascença teve importante desenvolvimento nas áreas da literatura e pintura.


El Greco: um dos principais artistas do Renascimento na Espanha
El Greco: um dos principais artistas do Renascimento na Espanha


Contexto histórico e características


O Renascimento Cultural (séculos XV e XVI) teve início na Itália, porém este movimento se espalhou por vários países da Europa. Foi no século XVI que o Renascimento Cultural ganhou grande expressão no território espanhol, motivado pela entrada de grandes volumes de recursos financeiros  (principalmente ouro e prata) vindos das colônias americanas. Estas riquezas serviram, em parte, para incentivar o desenvolvimento artístico na Espanha.

 

O Renascimento na Espanha só não foi mais brilhante porque foi, de certa forma, prejudicado pelo movimento de Contrarreforma Católica que inibiu, em diversos aspectos, o avanço cultural e científico espanhol.

 

Em termos gerais, principalmente nas artes plásticas, o Renascimento Cultural na Espanha recebeu várias influências italianas, as quais foram mescladas com elementos artísticos e culturais espanhóis. Esta mistura produziu um movimento artístico e cultural muito rico e único.



Principais artistas do Renascimento na Espanha:


El Greco: foi um dos mais importantes pintores do Renascimento Espanhol. Um dos principais aspectos de suas obras foi a fusão entre elementos celestiais e terrestres. São principais obras são: Vista de Toledo sob a tempestadeO enterro do conde Orgaz e O martírio de São Maurício.

 

Miguel de Cervantes: um dos mais importantes escritores da literatura espanhola. Sua grande obra foi Dom Quixote.

 

Tirso de Molina: importante dramaturgo e poeta renascentista. É autor da dramatização histórica Don Juan.

 

Lope de Vega: um dos mais importantes poetas e dramaturgos da Espanha. Escreveu mais de duas mil peças para teatro, principalmente comédias.

 

Felipe Vigarny: foi um dos grandes expoentes da escultura renascentista espanhola. Entre várias obras, podemos destacar: Sepultura de Gonzalo de Lerna e Retábulo da Capela Real de Granada.

 

Juan de Herrera: importante representante da arquitetura renascentista espanhola. Entre muitas obras de grande importância, podemos destacar a Catedral de ValladolidPalácio Real de Aranjuez e Mosteiro de San Lorenzo de El Escorial.

 

Alonso Berruguete: foi um pintor escultor renascentista espanhol. Sua obra se caracterizava pela presença de expressividade e dramaticidade. Uma de suas obras mais importante é o retábulo da igreja de San Benito el Real em Valladolid.

 

Garcilaso de la Vega: foi um escritor e poeta renascentista espanhol. Sua principal obra foi uma coletânea de poesias líricas.

 

Tomás Luís de Victória: importante representante da música renascentista na Espanha. Foi compositor, maestro de capela e cantor. 

 

Retrato de Miguel de Cervantes
Miguel de Cervantes: principal escritor renascentista espanhol.


 




Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

A civilização do Renascimento
Autor: Delumeau, Jean
Editora: Edições 70 - Brasil

 

Fonte de pesquisa do artigo:

 

- PROENÇA, Graça. História da Arte. São Paulo: Editora Ática, 2018.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.