Theodor Adorno

Quem foi, principais ideias filosóficas, obras principais, bibliografia indicada, resumo, qual escola filosófica pertenceu, frases


Theodor Adorno: um dos principais filósofos alemães do século XX
Theodor Adorno: um dos principais filósofos alemães do século XX

 

Quem foi

 

Theodor Ludwig Wiesengrund-Adorno foi um importante sociólogo e filósofo alemão do século XX. É considerado um dos principais representantes da corrente filosófica moderna conhecida como Escola de Frankfurt.

 

Atuou também como musicólogo e professor universitário na Universidade de Frankfurt.

 

Adorno nasceu na cidade alemã de Frankfurt em 11 de setembro de 1903. Faleceu na cidade de suíça de Visp, aos 66 anos, em 6 de agosto de 1969.

 

Escolas, áreas, tradições e abordagens das quais fez parte:

 

- Escola de Frankfurt

- Neomarxismo

- Marxismo

- Teoria Crítica

- Ética

 

Resumo das principais ideias filosóficas e posições culturais:

 

- A filosofia de Adorno tem como bases principais a dialética (conflito entre princípios teóricos e fenômenos empíricos) e a psicanálise (teoria da alma criada por Freud).

 

- De acordo com Adorno, a inteligência é uma categoria moral.

 

- A emoção e a inteligência são fundamentais para termos atitudes morais.

 

- Fez, em alguns de suas obras, duras críticas à indústria cultural e aos meios de comunicação de massa (principalmente televisão e rádio).

 

- Segundo Adorno, a indústria de massa, consegue fazer a dominação ideológica dos consumidores, através dos meios de comunicação. Para ele, essa dominação é extremamente prejudicial para o desenvolvimento do indivíduo.

 

- Possuía posições política, social, econômica e cultural contrárias ao capitalismo. Possuía forte identificação com o marxismo.

 

- Valorizou a linguagem artística em contraposição a linguagem conceitual.

 

- Adorno colocou-se contrário ao Positivismo Lógico e a filosofia dialética hegeliana.

 

- Combateu, no campo das ideias, o autoritarismo, o nazismo e o fascismo.

 

Principais obras de Adorno:

 

- Filosofia da nova música (1949)

 

- A personalidade autoritária (1950)

 

- Minima moralia (1951)

 

- Escritor sociológicos (1962)

 

- Dialética negativa (1966)

 

- Teoria estética (1970)

 

Frases:

 

- “A faculdade de julgar é medida pela firmeza do eu”.

 

- "O humano estabelece-se na imitação: um homem se transforma num  homem apenas imitando outros homens."

 

- "O amor é definido como a capacidade de perceber o semelhante no dessemelhante."




Impressão


Theodor Adorno Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

10 lições sobre Adorno

Autor: Pucci, Bruno

Editora: Vozes

Ano: 2015

Temas do livro: Filosofia, Sociologia


Veja Também


Temas diversos

Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2019 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.