Pierre Corneille

Pierre Corneille foi um escritor comédias, dramas e tragédias do classicismo e barroco francês.


Pierre Corneille: pai da tragédia na França
Pierre Corneille: pai da tragédia na França

 

Quem foi

 

Pierre Corneille foi um escritor, poeta, tradutor e dramaturgo francês do século XVII. Sua obra mais importante e conhecida é O Cid. É considerado um dos mais importantes escritores do Barroco (principalmente nas comédias) e do Classicismo Francês.

 

Pierre Corneille nasceu na cidade de Rouen (França) em 6 de junho de 1606. Faleceu, aos 78 anos, em 1 de outubro de 1684, na cidade de Paris (França).



Características de seu estilo literário e temas principais:

 

• Retratou em suas obras os valores morais e princípios da sociedade francesa durante o Antigo Regime.

 

• A tragédia clássica foi seu principal gênero literário. É considerado o pioneiro da tragédia na França.

 

• Além da tragédia, a comédia foi outro gênero literário seguido por Pierre Corneille.

 

• Presença de inovações e invenções teatrais.

 

• Escreveu também tragédias históricas.



Principais obras (dramas, tragédias e comédias):

 

- Medée (1635)

 

- A ilusão cômica (1635)

 

- O Cid (1637)

 

- Horácio (1640)

 

- Cinna ou A clemência de Augusto (1641)

 

- Polieucto (1643)

 

- O mentiroso (1644)

 

- Seguindo o mentiroso (1645)

 

- Theodoro (1646)

 

- Andrômeda (1650)

 

- Dom Sancho de Aragão (1650)

 

- Nicomème (1651)

 

- Oedipe (1659)

 

- O velocino de ouro (1660)

 

- Sertorio (1662)

 

- Othon (1664)

 

Estátua de Corneille no Museu do Louvre

Estátua de Pierre Corneille no Museu do Louvre (França).

 

 

O Cid: a obra mais importante de Pierre Corneille

 

A obra "O Cid" é geralmente considerada como a primeira tragédia clássica escrita em francês. Esta peça, escrita em 1637, estabeleceu Corneille como o criador da tragédia clássica francesa e passou a ser considerada a mais significativa da história do drama francês.

“O Cid” se passa na Espanha do século XI e gira em torno do herói nacional espanhol, Cid. O enredo é retirado da peça “A juventude de Cid” dos espanhóis. A história explora temas de honra, dever e amor, retratando personagens complexos enfrentando dilemas morais. Esta obra-prima, juntamente com outras peças notáveis como “Horácio” (1640), “Cinna” (1642) e “Polyeucte” (1643), dominou o palco francês durante a primeira metade do século XVII e ajudou a definir o personagem do teatro clássico.

 

Você sabia?

 

Pierre Corneille foi membro da Academia Francesa (instituição voltada para a regulação e aperfeiçoamento da língua francesa) entre 1647 e 1684.

 

 



Artigo atualizado em: 14/05/2024

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduada em Letras (Português e Inglês) pela FMU (2002).




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Lições de Literatura Francesa

Autor: Motta, Leda Tenório da

Editora: Imago


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.