Camille Pissarro

Camille Pissarro foi um pintor expressionista francês.


Camille Pissarro: importante pintor impressionista
Camille Pissarro: importante pintor impressionista

 

Quem foi

 

Jacob-Abraham-Camille Pissarro foi um pintor francês do século XIX, que fez parte do movimento artístico conhecido como Impressionismo. Mais do que isso, Pissarro foi um dos fundadores do movimento impressionista nas artes plásticas. Foi o único pintor impressionista que participou das oito exposições coletivas – dos artistas do Impressionismo – de 1874 a 1886.

 

No campo ideológico, Pissarro teve grande proximidade com o movimento anarquista e seus ideais.

 

Camille Pissarro nasceu na cidade de Charlotte Amalie (Ilhas Virgens Americanas) em 10 de julho de 1830. Faleceu na cidade de Paris (França) em 13 de novembro de 1903, aos 73 anos.



Características principais de seu estilo artístico (pinturas):

 

• Usou a luz e os efeitos luminosos com precisão, influência recebida principalmente de Claude Monet.

 

• Recebeu também influência do pontilhismo (técnica de pintura) de Georges Seurat.

 

• Usou cores vivas (vibrantes e expressivas), aliadas a pinceladas mais suaves.

 

• As pinceladas de Pissarro são tipicamente curtas e em staccato (curtas e separadas), criando uma sensação de movimento e energia em suas pinturas.

 

• Pintou muitas cenas do cotidiano da França, principalmente da vida no campo (rural) e nas cidades (urbana).

 

• Trabalhando em estreita colaboração com os jovens neo-impressionistas Georges Seurat e Paul Signac no final de sua vida, Pissarro foi um dos primeiros artistas a experimentar harmonias de cores.

 

• Em seu trabalho posterior, ele experimentou o Neo-Impressionismo, um estilo que usava pequenos pontos de cor para criar um efeito cintilante.

 

Pintura mostrando um boulevard a noite

Boulevard Montmartre de noite (1897): pintura a óleo de Camille Pissarro.




Principais obras (esculturas) de Camille Pissarro:

 

- O convento em Pontoise (1867)

 

- Rota para Versalhes, Louveciennes (1869)

 

- A vastidão congelada (1873)

 

- Retrato de Cézanne (1874)

 

- Paisagem de Pontoise (1874)

 

- Rabbit Warren em Pontoise (1879)

 

- La Petite Bonne de Campagne (1882)

 

- Os cais de Rouen (1883)

 

- Aldeia perto de Pontoiise (1867)

 

- A ponte nova (1902)

 

Obra A Ponte Nova de Camille Pissarro

A Ponte Nova (1902): uma das principais do pintor impressionista francês Camille Pissarro.

 

Pintura mostrando camponeses trabalhando numa plantação

Camponeses em Pontoise (1881): pintura impressionista de Pissarro.

 

 

Principais momentos da vida de Pissarro:

 

Início da vida: aos 12 anos, Pissarro foi enviado pelos pais para um internato na França, onde desenvolveu desde cedo uma apreciação pelos mestres da arte franceses.


Esforços Artísticos Iniciais: em 1849, Pissarro conheceu o artista dinamarquês Fritz Melbye, que o encorajou em seus empreendimentos artísticos. Em 1852, Pissarro e Melbye deixaram St. Thomas e foram para a Venezuela, onde viveram e trabalharam nos anos seguintes.


Retorno a Paris: em 1855, Pissarro retornou a Paris, onde estudou na École des Beaux-Arts e na Académie Suisse e trabalhou em estreita colaboração com os pintores Camille Corot e Gustave Courbet.


Movimento Impressionista: Pissarro conheceu um grupo de jovens artistas, incluindo Monet e Paul Cézanne, que partilhavam os seus interesses e questões. Ele foi o único artista a mostrar seu trabalho em todas as oito exposições impressionistas de Paris.


Convivência Familiar: nesse período, também se envolveu com a empregada doméstica de sua mãe, Julie Vellay, com quem teria oito filhos e eventualmente se casaria em 1871.


Guerra Franco-Prussiana: a sua vida familiar nascente foi interrompida pela Guerra Franco-Prussiana de 1870-71, que os forçou a fugir para Londres.


Período Pós-Guerra:
ao regressar à sua casa em França no final do conflito, Pissarro descobriu que a maior parte da sua obra existente tinha sido destruída.


Anos posteriores e morte: Pissarro também foi ativo nos círculos pós-impressionistas, continuando a pintar até sua morte em Paris, em 13 de novembro de 1903.

 

Foto de um homem idoso de cabelos brancos e barba comprida e branca

Foto de Camille Pissarro com 70 anos.

 

 


 

Última atualização em 15/05/2024


Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Impressionismo - reflexões e percepções

Autor: Schapiro, Meyer

Editora: Cosac Naify


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.