Psicologia

Psicologia é uma ciência que estuda o comportamento humano e os processos mentais.


Símbolo da Psicologia
Símbolo da Psicologia

 

O que é (definição)

 

Psicologia é uma ciência que estuda o comportamento humano e animal e os processos mentais (razão, sentimentos, pensamentos, atitudes). O corpo e a mente são estudados pela psicologia de forma integrada e não separadamente.

 

Breve história e evolução da Psicologia

 

1. Raízes filosóficas antigas (antes de 1879): as origens da Psicologia remontam à filosofia antiga. Filósofos como Sócrates, Platão e Aristóteles exploraram questões sobre a mente, o eu e o comportamento humano, estabelecendo as bases para as teorias psicológicas posteriores.


2. Estabelecimento formal e Estruturalismo (1879): considerado frequentemente o início oficial da psicologia como disciplina científica, Wilhelm Wundt fundou o primeiro laboratório de psicologia experimental em Leipzig, Alemanha, em 1879. Este período viu o surgimento do estruturalismo, liderado por Edward Titchener, focado em decompor os processos mentais nos componentes mais básicos.


3. Funcionalismo (final dos anos 1800 - início dos anos 1900): em resposta ao estruturalismo, o funcionalismo surgiu nos Estados Unidos, tendo como pioneiro o filósofo e psicólogo William James. Esta abordagem enfatizava o estudo da finalidade dos processos mentais e do comportamento, e como eles ajudam os indivíduos a se adaptarem aos seus ambientes.


4. Behaviorismo (início do século XX): a Psicologia mudou o foco da mente para o comportamento observável com o behaviorismo, dominado por figuras como John B. Watson e mais tarde B.F. Skinner. Esta escola de pensamento argumentava que todos os comportamentos são adquiridos através de condicionamento e podem ser estudados cientificamente.


5. Psicanálise (início do século XX): Sigmund Freud introduziu a psicanálise, que enfatizava a influência da mente inconsciente sobre o comportamento. As teorias de Freud sobre a importância das experiências infantis e conflitos internos foram altamente influentes e controversas.


6. Revolução cognitiva (década de 1950 - 1960): reagindo contra o behaviorismo, a revolução cognitiva focou nos processos mentais internos, como pensamento, memória e resolução de problemas. Esta mudança levou ao desenvolvimento da psicologia cognitiva, integrando conhecimentos da neurociência, filosofia e ciência da computação.


7. Desenvolvimentos modernos e diversificação (final do século XX - presente): atualmente, a Psicologia é um campo diversificado que inclui várias subdisciplinas, como Psicologia do desenvolvimento, social, clínica e organizacional-industrial. Ela emprega uma ampla gama de metodologias para entender comportamentos e processos mentais humanos complexos, integrando tecnologia e abordagens interdisciplinares para abordar problemas teóricos e aplicados.

 

 

O psicólogo e seu trabalho

 

O psicólogo (profissional da área de psicologia) busca compreender o comportamento e o pensamento das pessoas que possuem algum tipo de problema ou distúrbio psicológico. Para tanto, este profissional utiliza métodos e processos comparativos e analíticos. O objetivo final é a saúde mental do indivíduo para que este possa ter uma boa qualidade de vida. A resolução dos problemas psicológicos significa uma situação melhor de relacionamento com a sociedade, família e consigo mesmo (com seus pensamentos, desejos e sentimentos).



Atuação integrada com outras áreas do conhecimento

 

A psicologia atua, muitas vezes, integrada a outras áreas como, por exemplo, Medicina, Pedagogia, Sociologia e Antropologia.



Principais Escolas 

 

Existem várias escolas de conhecimentos (sistemas) na área de psicologia. Cada uma delas possui seus próprios métodos e processos de atuação. As principais são: Behaviorismo, Funcionalismo, Estruturalismo, Gestalt, Psicanálise, Humanismo, Psicologia Analítica e Psicologia Transpessoal.

 

Especializações 

 

Existem várias especializações na área de psicologia: Psicologia do trabalho, Psicologia Clínica, Psicologia Comparada, Psicopatologia, Psicologia Forense, Psicologia Integral, Psicopedagogia, Psicologia Esportiva, Psicologia Social, Psicologia Corporal, Sexologia, entre outras.

 

Origem da palavra 

 

A palavra psicologia é de origem grega ("psique" = alma e "logos" = estudo, razão)

 

Você sabia?

 

- Wilhelm Wundt foi um importante médico, filósofo e psicólogo alemão do final do século XIX e início do XX. Ele é considerado o "Pai da Psicologia Experimental". Já o psicólogo alemão Kurt Lewin (1890-1947) é considerado o "Pai da Psicologia Social".

 

- No dia 27 de agosto comemora-se o dia do psicólogo.

 

Psicólogo com um casal numa sessão de terapia

Psicólogo com um casal numa sessão de terapia: o trabalho dos psicólogos é de grande importância para a saúde mental dos indivíduos.

 

 





Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

O que é Psicologia Social (coleção Primeiros Passos)

Autor: Lane, Silvia T. Maurer

Editora: Brasiliense


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.