Ímã

O ímã é um corpo com propriedades magnéticas que atraem outros corpos metálicos ou outros ímãs.


Ímã natural: capacidade de atrair o ferro e outros metais
Ímã natural: capacidade de atrair o ferro e outros metais

 

O que é (definição)

 

O ímã, também conhecido como magneto, é um corpo ou objeto que possui a capacidade de atrair substâncias magnéticas (ferro, metais e outros ímãs), através da propriedade de gerar um campo magnético.



Como foram descobertos e história dos ímãs

 

Os ímãs foram descobertos por acaso pelos antigos gregos, especificamente ao redor da região de Magnésia, onde se encontraram pedras de magnetita naturalmente magnetizadas, conhecidas como pedras-ímãs. As propriedades dessas pedras para atrair ferro foram observadas pelo matemático e filósofo Tales de Mileto por volta de 600 a.C., embora ele não entendesse os princípios científicos por trás do magnetismo. Esses primeiros encontros prepararam o caminho para investigações mais aprofundadas sobre a natureza dos ímãs e suas propriedades.


Na China Antiga, a aplicação prática do magnetismo deu um salto significativo com a invenção da bússola. Por volta do século IV a.C., adivinhos chineses usavam magnetita para construir colheres que magicamente se viravam para apontar para o sul quando colocadas sobre uma superfície plana. Até o século XI, durante a dinastia Song, esse entendimento evoluiu para o desenvolvimento de uma bússola de navegação, que revolucionou a navegação marítima. Essa bússola primitiva consistia em uma magnetita que era flutuada na água ou suspensa no ar para mostrar a direção, mudando fundamentalmente a forma como as pessoas exploravam e mapeavam o mundo.

 

Ilustração mostrando um chinês da China Antiga segurando uma bússola

O ímã foi usado na China Antiga para o desenvolvimento da bússola.




Existem dois tipos de ímãs:

 

Imãs Naturais – são aqueles que encontramos na natureza e são compostos por minério de ferro (óxido de ferro). Este tipo de ferro magnético é denominado magnetita.

 

Imãs Artificiais – são aqueles que adquirem propriedade magnética ao serem atritados com um ímã natural. A capacidade magnética destes imãs pode superar a dos imãs naturais.



Exemplos aparelhos eletrônicos e elétricos que possuem ímãs:

 

- Leitor de CD e DVD

 

- Caixas de Som e Alto Falantes

 

- Motores elétricos

 

- Secador de Cabelo

 

- Motor de Portão de Garagem Elétrico

 

- Bomba de aquário

 

- Máquinas de lavar roupa

 

Modelo de um campo magnético de um imã

Linhas de campo magnético em torno de um ímã.

 

 

Você sabia?

 

- Os ímãs possuem dois polos (norte e sul). O polo sul de um ímã aponta para o polo sul do Planeta Terra, enquanto o polo norte de um ímã aponta para o polo norte do Planeta Terra.

 

- O ferro e o níquel são metais ferromagnéticos, pois podem ser imantados (quando recebem as propriedades de um ímã) facilmente.

 

Imã atranindo agulhas de metal

Imã: propriedade de atrair outros ímãs e metais.

 

 



Atualizado em 26/04/2024




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Introdução ao magnetismo dos materiais

Autor: Faria Jr., Rubens N. de

Editora: Livraria da Física

 

Fonte de pesquisa do texto:

 

NOVA ENCICLOPÉDIA BARSA. [S.l.]:Encyclopaedia Britannica do Brasil Publicações Ltda. 1999. 1 CD-ROM.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.