Porco

O porco é um animal mamífero que foi domesticado pelo homem no período pré-histórico.


Porco: domesticado pelo homem há milhares de anos
Porco: domesticado pelo homem há milhares de anos

 

DADOS E INFORMAÇÕES IMPORTANTES:


- O porco é um animal mamífero com quatro patas, sendo que cada uma delas possui dois cascos e duas unhas (todos funcionais). As unhas são utilizadas para coçar e fincar a firmeza dos recuos, os cascos para andar e cavar.

 

- Possui um focinho cartilaginoso e 44 dentes em sua boca. O focinho é o órgão sensorial mais sensível do porco, é com ele que sente o cheiro, a textura, a temperatura, etc. Nascem com 28 dentes e na fase adulta possuem 44.

 

- A contrário do que muitos acreditam, os porcos não possuem glândulas sudoríferas ou se sim, são mínimas, portanto não conseguem suar e se não suam não fedem. Não existe nenhuma glândula que segregue mau cheiro em um porco.

 

- A pele do porco é coberta com cerdas (pelos grossos) e revestida por uma espessa camada de gordura.

 

- O porco é omnívoro, come tudo desde vegetais a minhocas, insectos, etc.

 

- Os porcos machos têm presas no maxilar superior que são constantemente afiadas através do contato com as presas inferiores aquando da mastigação. As fêmeas não têm presas superiores ou se têm dão mínimas não crescendo como as dos machos.

 

Foto de um porco se alimentando de vegetais

Porco se alimentando de vegetais.

 

Estágios da reprodução dos porcos:

 


1. Ciclo estral: porcas domesticadas e marrãs são classificadas como não sazonais e poliéstricas, com o ciclo estral durando de 18 a 24 dias (média de 21 dias). O estro dura aproximadamente 36–48 horas (1–2 dias) em marrãs e ≥48–72 horas (2–3 dias) em porcas. A ovulação geralmente ocorre no meio do estro.


2. Ovulação: durante a ovulação, cerca de 15 a 24 óvulos são liberados em um período de 1 a 4 horas. A taxa de ovulação aumenta durante os primeiros quatro partos, de modo que a quarta a sexta ninhadas tendem a ser as maiores em número.


3. Gravidez: a gravidez em suínos dura cerca de 114 dias, ou 3 meses, 3 semanas e 3 dias. A fisiologia uterina normal é restabelecida 20–25 dias após o parto.


4. Pós-parto e desmame: a maioria das porcas apresenta cio 3–7 dias após o desmame. Após o desmame dos leitões, as porcas entram em cio dentro de 3-5 dias.


5. Controle hormonal: as alterações hormonais controlam a progressão do ciclo estral através dos 4 estágios do ciclo estral. Esses 4 estágios do estro são agrupados em 2 fases: a fase folicular (aumento da secreção de estrogênio à medida que o oócito e o folículo amadurecem em direção à ovulação) e a fase lútea (aumento da progesterona a partir do desenvolvimento do corpo lúteo).


6. Reprodução: as marrãs (fêmeas suínas) atingem a maturidade e são criadas com 170 a 220 dias de idade. Após o parto da primeira ninhada de porcos, as marrãs são chamadas de porcas.


Importante: Estes são estágios gerais e podem variar com base em fatores como nutrição, condição corporal, genética, alojamento, exposição a varrascos e outras práticas de manejo.

 

 


CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS:

 

Peso: varia entre 100 e 500 kg


Comprimento: em média 1,5 metros (animal adulto)


Período de gestação: 114 dias


Tempo de vida: de 15 a 20 anos


Cor: varia de acordo com a espécie (preto, rosado, marrom-claro).



CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA:

 
Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Mammalia

Ordem: Artiodactyla

Família: Suidae

Gênero: Sus

Espécie: S. domesticus



Você sabia?

 

- Judeus, muçulmanos e adventistas, por questões religiosas, não comem carne de porco. Há passagens no Antigo Testamento, que proíbem o uso da carne suína como alimento, pois esta é considerada um alimento imundo.

 

- Os mais antigos registros arqueológicos do porco doméstico (Sus scrofa domesticus) datam de 9.000 anos A. Ce foram encontrados na Grécia e na Turquia. Na China e no Egito, remontam há 6.000 anos a.C. e na Europa Central, a 4.000 a.C. animais tornaram-se práticas conhecidas ao homem.

 

Filhotes de porco com a mãe

Filhotes de porco com a mãe: amamentação dura entre 2 e 3 meses.

 

 


 

Artigo revisado por Tânia Cabral - Professora de Biologia e Ciências - graduada na Unesp, 2001




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Criação de porcos
Autor: Klober, Kelly
Editora: Europa - América


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.