Marte - deus da mitologia romana

Na mitologia romana, Marte era o deus guerra e estava relacionado a virilidade masculina.


Marte: deus da guerra na mitologia romana
Marte: deus da guerra na mitologia romana

 

Quem era

 

Na mitologia romana, Marte (Martius em latim) era o deus da guerra. Era representado como um guerreiro, representante do poder militar que garantia a paz em Roma. Era também entendido como o guardião dos agricultores e da agricultura.

 

Marte era filho de Júpiter (pai de todos os deuses) e Juno (deusa do casamento e do nascimento).



Principais características:

 

Era representado (nas esculturas e pinturas) como um guerreiro, quase sempre com uma lança de guerra e um escudo nas mãos. Aparece representado também usando um capacete militar na cabeça.

 

Marte era o equivalente ao deus Ares da mitologia grega.

 

Também foi associado à virilidade masculina.

 

Os romanos acreditavam que Marte possuía os poderes da destruição e desestabilização. Porém, usava estes poderes para manter a paz.

 

Três animais sagrados eram associados ao deus Marte: urso, lobo e pica-pau.

 

Ele era visto como um protetor do estado romano, especialmente durante tempos de conflito. Ele concedia força, coragem e habilidade aos guerreiros em combate.

 

Marte não representava apenas a força bruta; ele também representava os aspectos estratégicos da guerra.

 

Na mitologia romana, Cupido (deus do desejo amoroso) era filho de Marte com Vênus (deusa do amor).

 

Marte era celebrado em vários festivais, como o Feriae Marti em março (mês nomeado em sua homenagem) e o Armilustrium em outubro, onde seus poderes eram honrados e invocados.

 

Afresco mostrando as figuras de Marte e Vênus

Marte e Vênus num afresco de Pompeia

 



Curiosidades sobre o deus Marte:

 

- Os romanos deram o nome do mês de março (primeiro mês do calendário romano) como uma homenagem ao deus Marte. Logo, grande parte dos festivais em homenagem a este deus ocorria no mês de março.

 

- De acordo a mitologia romana, Marte era o pai de Rômulo e Remo, gêmeos que foram criados por uma loba. De acordo com o mito, Roma foi fundada em 753 a.C. por Rômulo, que também foi o primeiro rei da cidade.

Estátua do deus romano Marte

Estátua de Marte, o deus da guerra na mitologia romana.

 

 



Por Jefferson Evandro Machado Ramos
Graduado em História pela Universidade de São Paulo - USP (1994).




Você também pode gostar de:


Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Mitologia Grega e Romana

Autor: Commelin, P

Editora: WMF

 

Fonte de referência do artigo:

 

BRANDÃO, Junito de Souza. Mitologia Grega. Petrópolis: Vozes, 1987.


Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.



Copyright © 2004 - 2024 SuaPesquisa.com
Todos os direitos reservados.