Saltos Ornamentais

Origem e história, resumo, dados, curiosidades, como é realizada as competições, o que é, regras básicas, notas


Saltos ornamentais: modalidade olímpica
Saltos ornamentais: modalidade olímpica

 

O que é

 

O salto ornamental é uma modalidade esportiva que tem como objetivo saltar de uma plataforma elevada para a água da piscina. Durante os segundos da queda são realizados movimentos para que o salto aconteça com perfeição.

 

A modalidade requer do atleta muita técnica, agilidade e flexibilidade.

 

Origem e história

 

O esporte surgiu ainda na Grécia Antiga, onde várias pessoas saltavam de trampolins improvisados para a água (de lagos e rios) ainda em forma de diversão. Contudo, foi na região norte do continente europeu, na segunda metade do século XIX, que o esporte começou a ser praticado em forma de competição. Em 1871, foi realizado a primeira competição.

 

Com sua expansão para toda a parte de Europa, e a seguir pelo mundo mundo, o esporte começou a ser uma modalidade competitiva em 1904, nos Jogos Olímpicos de Saint Louis (Estados Unidos). No começo, era feita somente a prova no formato de competição masculina. Foi só em 1912 que as mulheres começaram a competir.

 

Durante muito tempo, a Alemanha e a Suécia eram os países que dominavam esse esporte, depois de um tempo os americanos começaram a ganhar um importante destaque, e mais tarde iniciou – se um domínio chinês no esporte.

 

O Brasil entrou na competição pela primeira vez na Bélgica, nos Jogos Olímpicos de Antuérpia (1920). Mas a primeira competição nacional aconteceu muito antes, no ano de 1913, na cidade do Rio de Janeiro.

 

Conhecendo os locais em que ocorrem as provas

 

Os locais para a realização de treinos e competições devem ser em uma torre de concreto, que acaba na altura da plataforma de salto, e que pode estar em um local fechado ou aberto. Deve conter uma piscina com no mínimo 5 metros de profundidade, a água da piscina precisa estar em constante movimento com o intuito que os atletas a enxerguem do alto.

 

Quem compete na modalidade precisa somente de uma roupa de banho, sunga para os homens e maio para as mulheres. Outros acessórios, como óculos são dispensados na prática esportiva. Qualquer outro acessório pode causar alguma lesão com o impacto na água. Por isso somente a roupa de banho é o equipamento da modalidade.

 

Objetivos e regras principais

 

O objetivo principal da modalidade é realizar movimentos corporais harmônicos e difíceis durante a queda, até atingir a água. Esses movimentos, assim como a entrada na água, são avaliados por sete juízes com notas de 0 a 10. Nas competições oficiais, o atleta pode saltar 3 vezes, a sua nota é a média das notas dos números de juízes, quem obtiver a melhor nota ganha a competição.

 

Todos os saltos devem ser feitos a partir de um trampolim ou de uma plataforma, as provas são analisadas da mesma maneira no final. As competições podem ser individuais ou sincronizadas. Nas sincronizadas os atletas devem saltar juntos e fazer os movimentos de forma igual.

 

É contra as regras os juízes conversarem entre si, além disso os competidores devem se apresentar aos juízes até 24 horas antes da prova com uma lista contendo todos os saltos que vão realizar, se essa regra não for cumprida o atleta recebe nota zero.

 

Principais posições

 

Grupada: Salto realizado com os joelhos juntos, voltados para a região do peito com o corpo dobrado nos joelhos e nos quadris.

 

Esticada: O corpo do saltador fica ereto.

 

Livre: Combinações de posições básicas.

 

Carpada: Pernas retas e corpo dobrado na cintura.

 

Os saltos podem ser realizados para frente, para trás, de forma reserva, para dentro, e em formato de parafuso.

 

Os saltos mais comuns são o twist, onde é feito um giro em torno de si na horizontal, e o mortal, que é o mesmo giro mas em vertical.

 

Curiosidades

 

- Em 2000, nas Olimpíadas de Sidney, foi criada a modalidade de saltos sincronizados. Os atletas chineses foram os que mais obtiveram medalhas.

- O primeiro brasileiro a competir profissionalmente foi um paulista chamado Adolpho Wellisch. Ele venceu a competição de 1913, realizada na Enseada de Botafogo (Rio de Janeiro).




Impressão Google+


Saltos Ornamentais Temas Relacionados

Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2019 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.