Analfabetismo no Brasil

Dados atuais do analfabetismo no Brasil, índice, resumo, educação brasileira, alfabetização, dados regionais, analfabetismo funcional


Analfabetismo: um grave problema educacional brasileiro
Analfabetismo: um grave problema educacional brasileiro

 

Introdução


O índice de analfabetismo é um importante parâmetro para verificarmos o nível educacional de um país. Os países desenvolvidos, geralmente, apresentam índices de analfabetismo muito baixos. Encontram-se nesta situação favorável, por exemplo, os países da Europa, Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos e Canadá. Por outro lado, os países pobres da África apresentam, infelizmente, altos índices de analfabetismo.

 

Importância da alfabetização


Saber escrever, ler e compreender textos é de suma importância nos dias de hoje. Pessoas que possuem estas habilidades apresentam maiores chances de obter empregos e entender o mundo que as cerca. Ser alfabetizado nos dias atuais é, antes de tudo, ter acesso as ferramentas que as tornam cidadãs. Por isso, o Brasil (todos os governos e a sociedade) deve fazer todos os esforços necessários para diminuir cada vez mais o analfabetismo entre a nossa população.

 

Analfabetismo funcional


Analfabetismo funcional é quando um indivíduo sabe ler e escrever seu nome e algumas palavras e frases, porém não tem a capacidade de compreender textos simples. Embora nas estatísticas estas pessoas sejam consideradas alfabetizadas, apresentam esta grave deficiência educacional. 

 

 

Principais dados sobre o analfabetismo no Brasil *



- Índice de analfabetismo no Brasil: 7% 

 

- Número de pessoas analfabetas: 11,5 milhões (pessoas com 15 anos ou mais)

 

- Analfabetismo entre as pessoas com mais de 60 anos: 19,3%

 

- Analfabetismo entre pessoas pretas e pardas de 15 ou mais: 9,3%


- Analfabetismo entre pessoas brancas de 15 ou mais: 4%

 

- Índice de analfabetismo na região Norte: 8% (pessoas com 15 anos ou mais)

 

- Índice de analfabetismo na região Nordeste: 14,5% (pessoas com 15 anos ou mais)

 

- Índice de analfabetismo na região Sul: 3,5% (pessoas com 15 anos ou mais)

 

- Índice de analfabetismo na região Sudeste: 3,5% (pessoas com 15 anos ou mais)

 

- Índice de analfabetismo na região Centro-oeste: 5,2% (pessoas com 15 anos ou mais)

 

* dados divulgados pelo IBGE (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Pnad) em 18 de maio de 2018, referentes ao ano de 2017.

 

Ponto positivo


De 2014 para 2017 o índice de analfabetismo no Brasil caiu de 8,3% para 7%.

 

Você sabia?

 

- É comemorado em 8 de asetembro de cada ano o Dia Internacional da Alfabetização.

 

- De acordo com a meta nº 9 do Plano Nacional de Educação (PNE), o objetivo do Brasil é erradicar o analfabetismo até o ano de 2024.




Impressão Google+


Analfabetismo no Brasil Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

- História inacabada do analfabetismo no Brasil
  Autor: Ferraro, Alceu R.
  Editora: Cortez
  Temas: Pedagogia, Educação, Alfabetização, História do Brasil


Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2018 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.