Brexit - A saída do Reino Unido da União Europeia

O que é o Brexit, o referendo que decidiu sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, resumo, possíveis consequências, previsões e argumentos favoráveis


Brexit: a saída do Reino Unido da União Europeia
Brexit: a saída do Reino Unido da União Europeia

 

O que é o Brexit e argumentos dos defensores

 

Brexit (Britain Exit) é um movimento político que defende a saída do Reino Unido da União Europeia. Este movimento é liderado, principalmente, por políticos nacionalistas britânicos, que alegam que a saída do Reino Unido da União Europeia será vantajosa para os britânicos. Outro argumento usado pelos defensores do Brexit é que o Reino Unido perde soberania política e econômica com sua participação na UE. Os defensores do Brexit afirmam ainda que a entrada de muito imigrantes no Reino Unido diminui os postos de emprego para a população britânica.

 

Referendo de decidiu pela saída do Reino Unido da UE

 

Em 23 de junho de 2016, ocorreu um referendo no Reino Unido em que o eleitorado britânico pode manifestar se o país deveria permanecer ou sair da União Europeia. A opção pela saída venceu o referendo com 51,9% dos votos. Os defensores da permanência ficaram com 48,1% dos votos.

Embora o processo ainda tenha que ser aprovado pelo Parlamento Britânico, a probabilidade disso ocorrer é de quase 100%. É praticamente impossível o Parlamento votar contra a decisão da maioria dos britânicos.

 

Vale dizer que esta saída não acontecerá da noite para o dia. Será um processo lendo e gradual, que deverá demorar por volta de 2 anos. Desta forma, serão minimizados seus efeitos negativos, principalmente os relacionados aos acordos comerciais que o Reino Unido possui no bloco econômico europeu.

 

Consequências da saída do Reino Unido da União Europeia (imediatas e possíveis no futuro):

 

- Assim que saiu o resultado das urnas, o primeiro-ministro britânico, favorável a permanência do Reino Unido na União Europeia, anunciou sua renúncia.

 

- Em primeiro lugar, a decisão enfraquece a União Europeia como bloco econômico. O Reino Unido tem uma das economias mais fortes e dinâmicas da Europa.

 

- Economistas afirmam que somente no futuro saberemos se, do ponto de vista econômico, a decisão foi boa para o Reino Unido. No curto prazo, poderemos ter uma desvalorização da moeda britânica (libra) em relação ao dólar. No médio e longo prazos o Reino Unido poderá sair perdendo, pois deixará de ter os benefícios e privilégios de fazer comércio com os países-membros da União Europeia, pois não será mais membro do maior bloco econômico do mundo.

 

- A vitória do Brexit pode estimular a realização de referendos em outros países integrantes da União Europeia. Neste sentido, outros países-membros poderiam deixar o bloco econômico, enfraquecendo-o ainda mais. Poderá ser o primeiro passo, numa visão mais catastrófica, para o fim da União Europeia num futuro próximo.

 

- Poderá ocorrer maior dificuldade para a entrada de imigrantes europeus e de outras nacionalidades no Reino Unido. Com a vitória dos nacionalistas, o Reino Unido tende a se tornar mais fechado, com políticas imigratórias mais restritivas. Vale lembrar que, atualmente, cerca de três milhões de imigrantes europeus de países-membros da União Europeia vivem no Reino Unido.

 

- Poderá também ocorrer um fechamento das fronteiras britânicas para a entrada de refugiados de regiões em conflito, principalmente dos originários da Síria. Ao participar da UE, o Reino Unido deve aceitar decisões do bloco sobre políticas de aceitação de refugiados. Fora do bloco, com a vitória dos nacionalistas defensores do Brexit, o Reino Unido deverá dificultar aaceitação destes refugiados em território britânico.

 

Você sabia?

 

- A saída de um país-membro da União Europeia é um direito, desde que realizado referendo popular com maioria dos votos, garantido no Tratado de Maastricht (artigo 50).

 

- O Reino Unido faz parte da União Europeia desde 1973, embora não faça parte da Zona do Euro (não utiliza o Euro como moeda oficial).

 

- Em 1975 os britânicos fizeram o primeiro referendo sobre a saída ou permanência na então CEE (Comunidade Econômica Europeia, embrião da atual EU). Na ocasião, a maioria dos britânicos optou pela permanência no bloco.




Impressão Google+


Brexit - A saída do Reino Unido da União Europeia Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

A União Europeia

Autor: Pecequilo, Cristina S.

Editora: Elsevier

Ano de publicação: 2014

Temas do livro: União Europeia, Geografia Geral, Economia Mundial, Blocos Econômicos


Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2017 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.