Bakunin

Quem foi, principais ideias, biografia resumida, obras principais, anarquismo, frases


Bakunin: um dos pais do anarquismo
Bakunin: um dos pais do anarquismo


Quem foi e principais ideias defendidas

 

Mikhail Aleksandrovich Bakunin foi um filósofo, sociólogo e revolucionário russo do século XIX. É considerado um dos pais do anarquismo (junto com Proudhon e Kropotkin). Bakunin também foi um defensor do ateísmo e do coletivismo, além de ser contrário à politização das organizações.

 

Biografia resumida

 

- Bakunin nasceu na vila de Premukhimo (Rússia ocidental) em 30 de maio de 1814.

 

- Depois de ter abandonado a carreira militar, Bakuniu se dedicou ao estudo da filosofia e passou a frequentar, em Moscou, um grupo de intelectuais e pensadores. Nesta época, tornou-se um admirador dos ideais socialistas.

 

- Em 1840, partiu para uma viagem de objetivos políticos para a Europa. Participou do movimento revolucionário de 1848, que atingiu várias cidades europeias. Por participar do movimento, Bakunin foi condenado e preso.

 

- Em 1861, após de ter fugido de uma deportação na Sibéria, buscou refúgio na Europa. Tornou-se um dos protagonistas do movimento operário europeu e da Primeira Internacional Socialista, realizada em Londres em 1864 (da qual foi expulso).

 

- Após uma série de desilusões e tentativas de insurreições fracassadas (por exemplo, em Bolonha em 1874), Bakunin foi viver na Suíça, país em que viveu até sua morte.

 

- Bakunin faleceu na cidade de Berna (Suíça) em 1 de julho de 1876, aos 62 anos de idade.

 

Principais obras de Bakunin

 

- A Reação na Alemanha – 1842

 

- O Império Knuto-Germânico e a Revolução Social - 1871

 

- A Comuna de Paris e a Noção de Estado - 1871

 

- Federalismo, Socialismo e Antiteologia – 1872

 

- Estatismo e Anarquia – 1873

 

- Deus e o Estado – 1882

 

- Textos Anarquistas – 1874

 

Frases:

 

- “Sou um amante fanático da liberdade ...”

 

- “O direito à liberdade sem os meios para alcançá-la é apenas um sonho”.

 

- “O homem privilegiado politicamente ou economicamente é um homem intelectualmente e moralmente corrupto”.




Impressão Google+


Bakunin Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Diálogo imaginário entre Marx e Bakunin

Autor: Cranston, Maurice

Editora: Hedra

Tems do livro: Anarquismo, Filosofia, Sociologia, Ciências Políticas


Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2017 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.