Significado do Natal

Reflexão sobre a importância do Natal, como comemoramos, a mensagem de Jesus, bibliografia


A adoração dos pastores (1622): obra de Gerard van Honthorst
A adoração dos pastores (1622): obra de Gerard van Honthorst

 

Como a maioria comemora?

 

Todo ano, quando o 25 de dezembro se aproxima, verificamos muitas mudanças em nosso cotidiano em função das comemorações do Natal. Ruas e casas enfeitadas com luzes, árvores natalinas por todos os lados, decorações e Papai Noel nos Shoppings, anúncios comerciais de brinquedos e presentes por toda parte. O consumo é estimulado por todos os lados, desviando-nos do verdadeiro sentido do Natal Cristão. Sem contar a comilança e os exageros cometidos por aqueles que aproveitam o feriado de Natal para abusarem de bebidas alcoólicas. Infelizmente, é assim que muitos comemoram o Natal.

 

Claro que as decorações e até mesmo a figura tradicional e folclórica do Papai Noel são legais e interessantes, principalmente para o universo infantil. Mas não passam de tradições. Logo, não deveriam desviar as pessoas do verdadeiro sentido desta importante data do calendário cristão.

 

De que forma a comemoração teria mais significado do ponto de vista cristão?

 

É bom lembrar que no dia em que Jesus nasceu (25 de dezembro é uma data atribuída, mas isso pouco importa) na cidade de Belém, a alguns quilômetros de lá, o rei Herodes planejava sua morte. É bem provável que, neste dia, o cruel rei enfartava-se comendo carnes, guloseimas e bebendo vinho. Já numa simples instalação, ao redor de uma manjedoura, Maria e José se alimentavam provavelmente com poucas frutas secas, pão e água.

 

A questão que devemos pensar e refletir é: estamos passando o Natal de uma forma simples, como o pai e a mãe de Jesus? Ou estamos comemorando como o rei Herodes?

 

Outra questão que devemos pensar é com relação à supervalorização que a nossa sociedade dá a compra e entrega de presentes no Natal. Embora tenha certa relação com passagens dos evangelhos, afinal Jesus recebeu presentes dos reis Magos, a conotação comercial dos presentes de Natal podem desviar as pessoas do verdadeiro sentido cristão do Natal.

 

E qual seria então o significado cristão do Natal? Basta lermos os evangelhos para percebemos que Jesus não valorizava bens materiais, muito pelo contrário. As mensagens e ensinamentos de Jesus estão relacionados com mudanças de atitudes no sentido de melhorar o caráter e aproximar as pessoas cada vez mais de Deus. Amar a Deus sobre todas as coisas e amar ao próximo como a si mesmo são os dois ensinamentos chaves da mensagem de Jesus. Perdoar, não julgar o próximo, fazer o bem, ter compaixão e ajudar os necessitados também são orientações importantíssimas feitas por Jesus.

 

Portanto, se levarmos em conta os ensinamentos de Jesus, verificaremos que comemorar o Natal com comidas em abundância, bebidas, festas, decorações, tradições e entrega de presentes, não está em sintonia com o nascimento e a vida de Jesus. Para o cristão, teria muito mais sentido aproveitar esta data para fazer uma reflexão sobre os ensinamentos de Jesus, falando sobre ele, sua mensagem e sua importância para as crianças e, sobretudo, buscar uma transformação interna que vá ao encontro da mensagem de Jesus. E que estas atitudes não durem apenas um dia, mas que prevaleça por toda a vida daqueles que valorizam e aceitam o amor e os ensinamentos de Jesus.

Bom Natal para todos!

 

Jefferson Ramos

Editor do site Sua Pesquisa.com




Impressão Google+


Significado do Natal Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Celebre o Natal com Jesus

Autor: Lucado, Max

Editora: Mundo Cristão

Ano de publicação: 2015

Temas do livro: Natal, Data comemorativa cristã, nascimento de Jesus


Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2017 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.