PIB do Brasil em 2015

Dados trimestrais do PIB brasileiro no ano de 2015, resultado anual, dados por setores da economia, análise resumida, perspectiva para o ano, acumulado do semestre, recessão técnica, produto interno bruto


PIB do Brasil em 2015: queda de 3,8%
PIB do Brasil em 2015: queda de 3,8%

 

PIB do Brasil em 2015 (resultado final anual)

 

De acordo com dados divulgados pelo IBGE em 03 de março de 2016, o PIB brasileiro apresentou uma queda de 3,8% (na comparação com 2014). É o pior resultado apresentado pela economia brasileira desde o ano de 1990. Em valores correntes, a riqueza produzida pela economia do Brasil atingiu R$ 5,904 trilhões (US$ 1,53 trilhão - câmbio de 03/03/2016). O PIB per capita de 2015 ficou em R$ 28.876.(queda de 4,6% em relação ao ano anterior). De acordo com economistas, o quadro de recessão em que vive a economia brasileira é resultado dos problemas políticos internos, diminuição do consumo, aumento do desemprego e queda nos investimentos externos.

 

Os dados anuais, por setores da economia, de 2015 do PIB ficaram assim: agropecuária (+1,8%); indústria (-6,2%); serviços (-2,7%); consumo das famílias (4,0%); consumo do governo (-1,0%); formação bruta de capital fixo (-14,1%), exportações (+6,1%); importações (-14,3%).

 

PIB brasileiro no 1º trimestre de 2015

 

No primeiro trimestre de 2015 o PIB (Produto Interno Bruto do Brasil) apresentou uma queda de 0,7% (em comparação ao 4º trimestre de 2014).

 

Os dados por setores da economia são os seguintes (em comparação com o trimestre anterior): agropecuária (+4,8%); indústria (-0,7%); serviços (-0,9%); consumo das famílias (-1,5%); consumo do governo (-1,5%); formação bruta de capital fixo (-2,4%), exportações (+16,2%); importações (+0,9%).

 

* PIB do 2º trimestre revisado pelo IBGE: -0,8 (apresentado em 01/12/2015)

 

 

PIB brasileiro no 2º trimestre de 2015

 

De acordo com dados do IBGE, divulgados em 28 de agosto, no segundo trimestre de 2015 o PIB (Produto Interno Bruto) apresentou uma queda de 1,9% (em comparação com o 1º trimestre de 2015). Na comparação com o 1º trimestre de 2014, a queda foi de 2,6%. Em valores correntes, o PIB do 2º trimestre ficou em R$ 1,43 trilhão.

 

De acordo com estes dados econômicos negativos, a economia brasileira entrou em recessão técnica (quando ocorre queda do PIB em dois trimestres consecutivos).

 

Os dados por setores da economia são os seguintes (em comparação com o trimestre anterior): agropecuária (-2,7%); indústria (-4,3%); serviços (-0,7%); consumo das famílias (-2,1%); consumo do governo (+0,7%); formação bruta de capital fixo (-8,1%), exportações (+3,4%); importações (-8,8%).

 

 

* PIB do 2º trimestre revisado pelo IBGE: -2,1 (apresentado em 01/12/2015)

 

 

PIB brasileiro no 3º trimestre de 2015

 

De acordo com dados do IBGE, divulgados em 01 de dezembro, no terceiro trimestre de 2015 (entre julho e setembro) o PIB (Produto Interno Bruto) apresentou uma retração de 1,7% (em comparação com o 2º trimestre de 2015). Na comparação com o 3º trimestre de 2014, a queda foi de 4,5%. Em valores correntes, o PIB do 3º trimestre ficou em R$ 1,481 trilhão.

 

De acordo com estes dados econômicos negativos, a economia brasileira permanece em recessão técnica.

 

Os dados por setores da economia são os seguintes (em comparação com o trimestre anterior): agropecuária (-2,4%); indústria (-1,3%); serviços (-1%); consumo das famílias (-1,5%); consumo do governo (+0,3%); formação bruta de capital fixo (-4%), exportações de serviços e bens (-1,8%); importações de serviços e bens (-6,9%).

 

PIB brasileiro no 4º trimestre de 2015

 

De acordo com dados do IBGE, divulgados em 03 de março de 2016, no quarto trimestre de 2015 (entre outubro e dezembro) o PIB (Produto Interno Bruto) apresentou uma retração de 1,4% (em comparação com o 3º trimestre de 2015).

 

Os dados por setores da economia são os seguintes (em comparação com o trimestre anterior): agropecuária (+2,9%); indústria (-1,4%); serviços (-1,4%); consumo das famílias (-1,3%); consumo do governo (-2,9%); formação bruta de capital fixo (-4,9%).

 

Perspectivas para o ano de 2016

 

De acordo com a maioria dos economistas brasileiros, o PIB do Brasil deve fechar o ano de 2016 com uma retração entre 2,5% e 3,5%. Este dado reflete a crise econômica pela qual passa nosso país, gerada, principalmente, pela crise econômica externa, medidas de austeridade fiscal e também pela crise política interna.




Impressão Google+


PIB do Brasil em 2015 Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Economia brasileira (História, Conceitos e Atualidade)

Autor: Securato, José Cláudio

Editora: Saint Paul

Temas do livro: Economia brasileira, História econômica do Brasil


Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2017 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.