Gustave Courbet

Quem foi, principais obras, resumo, biografia resumida, pinturas, estilo artístico, características, autorretrato


Gustve Courbet: importante representante do Realismo nas Artes Plásticas
Gustve Courbet: importante representante do Realismo nas Artes Plásticas

 

Quem foi

 

Jean Désiré Gustave Courbet foi um importante pintor francês do século XIX, considerado um dos principais representantes do Realismo nas artes plásticas.

 

Além da pintura, dedicou-se ao ativismo político, defendendo ideias democráticas, republicanas e socialistas.

 

Biografia resumida

 

- Gustave Courbet nasceu numa rica família de fazendeiros, em 10 de junho de 1819, na cidade de Ornans (França).

 

- Embora sua família desejasse que ele fosse para a área do Direito, Courbet foi estudar artes em Paris em 1839, no começo de sua vida adulta. Mesmo assim, foi financiado pela família no começo de sua vida artística.

 

- Suas ideias e ações deram a ele uma fama de revolucionário e socialista, o que acabou por prejudicar sua carreira artística, principalmente nos meios mais tradicionais do mundo das artes.

 

- Rejeitou estudar artes em escolas acadêmicas, preferindo as independentes.

 

- Exibiu algumas pinturas, em 1855, no Palácio de Artes da Exposição Universal de Paris. Porém, não foi muito bem recebido pela crítica tradicional, que considerou suas obras revolucionárias.

 

- Em 1870, foi eleito presidente da Federação dos Artistas da França.

 

- Em 1871, esteve envolvido na Comuna de Paris, chegando a participar de seu breve governo. Logo após, foi preso e recebeu várias multas pela participação no movimento revolucionário socialista.

 

- Para escapar das elevadas multas do governo, fugiu para a Suíça, onde foi morar numa velha estalagem na zona rural. Viveu ai até seus últimos dias de forma pobre e quase anônima.

 

- Gustave Courbet faleceu em La-Tour-de-Peliz (Suíça) em 31 de dezembro de 1877.

 

Estilo artístico (características):

 

- Valorização da dignidade da vida simples, principalmente dos trabalhadores manuais.

 

- Estilo artístico não idealizado.

 

- Retratação da vida cotidiana na França.

 

- Pintura de paisagens que fazem referência a sua vida na infância.

 

- Obras retratando nus femininos.

 

- Rompimento com temas tradicionais e com a arte idealizada.

 

Os quebradores de pedras, Gustave Courbet

 

 

 

 

 

 

 

Os quebradores de pedras, obra de Gustave Courbet

 

 

 

 

 

Obras principais de Gustave Courbet:

 

- Autorretrato (1843)

- Os quebradores de pedras (1849)

- Um funeral em Ornans (1849)

- As banhistas (1853)

- Bom dia, senhor Courbet (1854)

- O ateliê do artista (1854)

- A origem do mundo (1866)

- O sono  (1866)

- O inverno (1868)

- O mar tormentoso (1870)




Impressão Google+


Gustave Courbet Temas Relacionados
Bibliografia Indicada

 

Realismo (coleção Movimentos da Arte Moderna)

Autor: Malpas, James

Editora: Cosac Naify

Temas do livro: Realismo, Artes Plásticas, Arte Moderna


Veja Também


Temas diversos

Siga-nos no
Os textos deste site não podem ser reproduzidos sem autorização de seu autor.
Só é permitida a reprodução para fins de trabalhos escolares.
Copyright © 2004 - 2017 SuaPesquisa.Com
Todos os direitos reservados.